O sono é restaurador e necessário. Mas quando envelhecemos ele pode sofrer alterações. Assim, é muito comum dormir de dia e perder o sono de madrugada. Mas será que isso faz mal à saúde?
Veja neste artigo os principais distúrbios do sono em idosos, bem como o que é verdade e o que é mito quando o assunto é dormir bem.
O ser humano passa, em média, 24 anos dormindo. Parece bastante, mas não é. Isso porque passamos menos tempo na cama do que o recomendado.
Uma pesquisa divulgada pela Associação Brasileira de Neurologia (ABN) mostrou que 60% dos brasileiros dormem de 4 a 6 horas por noite. Entretanto o recomendado pelos médicos é um período de 7 a 8 horas diárias. O sono das 23h às 7h, por exemplo, faz o organismo produzir melatonina. O hormônio é responsável por induzir ao sono.
Quando envelhecemos o padrão de sono se altera devido à mudança na rotina, à maturidade do cérebro e aos efeitos colaterais de medicamentos. Além disso as alterações do sono também podem estar ligadas a doenças, como o Alzheimer.
Muito se fala que praticar atividades físicas ou tomar um copo de vinho antes de deitar-se melhora o sono. Outros acreditam que tirar um bom cochilo à tarde substitui as horas perdidas de sono à noite.
Porém veja a seguir as verdades e os mitos dos padrões de sono.

Cochilar no sofá faz bem

DEPENDE – Dorme bem quem tem quantidade, qualidade e ritmo de sono. Desse modo o bom mesmo é dormir 8 horas por noite de forma ininterrupta. Os cochilos diurnos acabam roubando o sono da noite e alterando o padrão de sono dos idosos. Dessa forma entra- se num círculo vicioso, de dormir irregularmente à noite e ter muito sono durante o dia. Contudo se o cochilo tiver um período curto, de 30 a 40 minutos após o almoço, pode ser positivo ao ser usado para repor as energias e melhorar a digestão.

Dormir com a televisão ligada não faz mal

MITO – Para ter qualidade de sono é importante estar num ambiente silencioso. A televisão ligada emite ruídos e luz que impactam no ato de dormir bem. Portanto o ideal é não usar nenhum equipamento no quarto na hora do sono, como rádio, aparelho celular e ventilador. Ou seja, deve-se evitar ao máximo a utilização de equipamentos que façam barulho ou emitam luminosidade.

Se estiver com insônia, o melhor é sair da cama

VERDADE – Muitos idosos passam 10 horas na cama, mas dormiram de fato 6 horas. Isso acaba causando mais cansaço que descanso. Sendo assim se o idoso têm problemas de insônia, o ideal é levantar-se, tomar um copo de leite morno e pegar um livro para ler. Assim ele não se sente pressionado a dormir e permite que o sono retorne de forma natural.

Tomar chás e calmantes melhora o sono

DEPENDE – O chazinho é o bom e velho companheiro de cabeceira. Chás de melissa, camomila e valeriana são muito usados por idosos que desejam passar uma noite tranquila. Mas os calmantes ingeridos por conta própria devem ser evitados. Isso porque a automedicação esconde sérios riscos e, ademais, os tranquilizantes podem causar dependência, resistência do organismo aos componentes do medicamento, sonambulismo e sonolência durante o dia.

É normal dormir bastante

MITO – Se dormir pouco faz mal, dormir muito pode ser sintoma de alguma doença. O sono excessivo é sinal de disfunções como depressão, Alzheimer, Parkinson ou outros tipos de demência. Por isso é importante relatar os padrões de sono do idoso ao médico e entender as causas do distúrbio para poder tratá-las.

Distúrbios do sono em idosos: os males do ronco e da insônia

Primeiramente é importante saber que existem clínicas especializadas em distúrbios de sono. Nesses serviços, um dos exames mais esclarecedores é o de polissonografia.
Através desse exame são identificadas as variáveis biológicas durante o sono do paciente, que dorme na clínica com vários sensores fixados ao corpo para medir tudo o que acontece quando o corpo está repousando.
Nessa investigação podem sair diferentes tipos de diagnósticos.
Veja alguns deles:
Ronco: o ronco incomoda quem está dormindo ao lado e o próprio idoso. Ele é o sintoma da apneia, que é a obstrução de ar nos pulmões e pode ocasionar doenças mais sérias.
Insônia: com o passar do tempo a insônia causa problemas cardíacos e cerebrais. Para se ter uma ideia, uma pesquisa da
Universidade de Ciência e Tecnologia da Noruega acompanhou 50 mil pessoas voluntárias, com idades de 20 a 89 anos, durante uma década. Inicialmente, ninguém tinha problemas cardiovasculares.
Mas ao final do estudo, as pessoas com insônia apresentavam quadros de falta de ar e cansaço excessivo.

Higiene do Sono: dicas para dormir melhor

Como você notou existem vários fatores que interferem na qualidade de sono das pessoas de qualquer idade. Em relação às pessoas idosas, os fatores impactantes são mais intensos devido ao uso de medicamentos, dores no corpo, preocupações com a família, depressão e demências.
Nesse sentido existe o que os especialistas chamam de Higiene do Sono. Ela é muito similar à higiene do corpo. É um conjunto de ações que visam a melhoria do repouso noturno. Geralmente ela é indicada por especialistas, como um psiquiatra ou o próprio médico que já acompanha o idoso.
Então, veja algumas dicas que separamos para você adotar com as pessoas idosas:

● dormir em ambiente limpo, arejado e silencioso;
● usar roupas de cama macias e leves, de preferência em algodão;
● usar meia luz ou adotar a escuridão;
● não comer alimentos pesados antes de dormir;
● não deixar a televisão ou outros aparelhos ligados;
● ingerir chá como melissa e erva-cidreira antes de deitar-se.
Para concluir, os distúrbios do sono em idosos podem ser sinais de outras doenças. Por isso é fundamental avaliar a situação como um todo, procurando especialistas no assunto. Também é interessante reeducar o sono após uma mudança de rotina. Deitar- se mais cedo para levantar-se no horário em que estava habituado. A Cora Residencial Senior é uma instituição de longa permanência que atenta-se ao sono dos seus residentes. A hospedagem é feita em quartos individuais, duplos ou triplos bem arejados e silenciosos. Temos cinco unidades em São Paulo. Deseja conhecer uma delas? Agende a sua visita.